Realidade Aumentada: aposte neste recurso para a educação

Group of School Children Use Digital Tablet Computers with Augmented Reality App, Looking at Educational 3D Animation - Dinosaur Walking on Island with Active Volcano. VFX, Special Effects Render

Já imaginou como seria proporcionar aos alunos a experiência incrível de estudar a civilização egípcia numa visita às grandes pirâmides? Ou, ainda, disponibilizar instrumental e laboratórios completos de ciências e biologia sem comprometer o orçamento escolar? Pois, com o uso da Realidade Aumentada na educação, isso é possível.

Por meio da interação entre ambientes virtuais e o mundo físico, essa tecnologia melhora os resultados de aprendizagem e engajamento. Inclusive, ela pode ser aplicada de maneira multidisciplinar e faz parte das principais habilidades profissionais que serão essenciais no futuro. Então, a seguir, conheça melhor a Realidade Aumentada e seus benefícios para a educação:

O que é a Realidade Aumentada

A Realidade Aumentada (RA – ou “AR” na sigla em inglês) é uma tecnologia que permite expandir a realidade. Isso ocorre por meio da sobreposição de elementos virtuais à nossa visão comum. Assim, favorece a maior interação entre o homem e as máquinas.

Essa interação ocorre por meio de projeções de objetos virtuais em uma filmagem do mundo real. Dessa forma, as informações exibidas possuem mais detalhes e clareza. Além de permitir interatividade entre o real e o virtual, possibilita também que novas tecnologias sejam utilizadas. Logo, essa Realidade Artificial tem a capacidade de tornar as informações mais precisas e próximas do natural.

Aplicação da Realidade Aumentada na educação

Assim como em diversas outras áreas, o uso da Realidade Aumentada na educação vem aumentando por todo o mundo. Especialmente a partir das tecnologias lançadas pela Apple para apoiar o ensino em todas as etapas. Desde a educação infantil até as universidades. Isso porque, a partir da infraestrutura tecnológica certa, as possibilidades se tornam virtualmente infinitas.

Por exemplo: com a Realidade Aumentada é possível estimular o raciocínio, a lógica e a criatividade dos pequenos. Principalmente por meio de inúmeras ferramentas disponíveis na App Store, como o Kode, o aplicativo do PlayKids Explorer. Por meio dele, os alunos podem usar as câmeras do iPhone e do iPad para interagir e aprender com os Cards Mágicos. Afinal, eles dão vida aos mais variados temas e ajudam a fixar o conteúdo trabalhado na infância.

Ao mesmo tempo, o app AlfabetizaçãoAFI é uma amostra do uso da Realidade Aumentada para uma educação mais inclusiva. Afinal, ele apoia o ensino de crianças com apraxia, uma condição neurológica que que limita a comunicação e a compreensão de forma significativa. Mais adiante, o professor de física pode levar o sistema solar para dentro da sala de aula. Tanto por meio do app solAR – Sistema Solar em AR quanto a partir de muitos outros.

Enquanto isso, nas aulas de biologia os alunos podem estudar anatomia e examinar peças virtuais com riqueza de detalhes. Desse modo, a Realidade Aumentada foi capaz de modernizar e elevar o potencial das clássicas enciclopédias físicas. Inclusive, com o uso do Apple Pencil é possível tornar as experiências científicas ainda mais realistas no iPad. Para tanto, basta combiná-los ao app Froggiepedia, que permite dissecar um sapo de maneira virtual. Logo, não é preciso agredir a natureza para proporcionar o aprendizado.

Invista em melhores resultados em sala de aula

Diante do estímulo proporcionado pela Realidade aumentada, os níveis de interação dos estudantes aumentam e, consequentemente, seus resultados também. Por isso, não deixe de seguir as tendências e aposte nos melhores recursos para diferenciar sua escola no mercado. Afinal, com a ajuda da iPlace Educacional é possível tornar as aulas e o aprendizado muito mais estimulantes. Então, fale agora com um de nossos especialistas!

 

Foto: iStock/gorodenkoff

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: