Tap to Pay: iPhone funcionará como terminal de pagamentos

tap-to-pay-02-CRED-Apple_Divulgacao

A Apple anunciou nos EUA um novo recurso para pagamentos no iPhone – chamado de Tap to Pay em inglês. Assim, empresas de todos os tamanhos poderão usar o iPhone para receber pagamentos – tal como numa maquininha de cartão. Aliás, o Tap to Pay aceitará cartões de crédito e débito, além de Apple Pay e outras carteiras digitais. Tudo isso de maneira simples e segura. Ou seja, bastará um simples toque no iPhone para processar um pagamento por aproximação.

Para Jennifer Bailey, vice-presidente de Apple Pay e Apple Wallet da Apple, o novo recurso será um grande facilitador. “O Tap to Pay fornecerá às empresas uma maneira segura, privada e fácil de aceitar pagamentos sem contato”, elogiou. Segundo ela, novidade deve “desbloquear novas experiências de pagamento usando a energia, a segurança e a conveniência do iPhone”. Além disso, a parceria com desenvolvedores de aplicativos, plataformas e redes de pagamento ajudará empresas de todos os tamanhos. Afinal, elas poderão aceitar pagamentos por aproximação com inédita facilidade, removendo obstáculos para a expansão dos seus negócios.

Como funcionará o Tap to Pay

Logo que o Tap to Pay estiver disponível no iPhone, as empresas poderão desbloqueá-lo por meio de um aplicativo. Inclusive, o novo recurso foi projetado para compatibilidade com iPhone XS e modelos posteriores. Na hora do checkout, basta que o cliente aproxime do iPhone do comerciante o seu meio de pagamento preferido. Pode ser um iPhone ou Apple Watch (via Apple Pay), cartão de crédito ou débito com aproximação e outras carteiras digitais. Em seguida, o pagamento será concluído com segurança usando a tecnologia NFC.

Segurança

Assim como em todos os recursos de pagamento da Apple, a privacidade é pedra fundamental no Tap to Pay. No novo recurso, os dados de pagamento dos clientes são protegidos pela mesma tecnologia do Apple Pay. Portanto, qualquer transação realizada com o Tap to Pay no iPhone é criptografada e processada usando o Secure Element. Dessa forma, a Apple não sabe o que está sendo comprado nem quem está comprando, assegurando a privacidade do usuário.

Por enquanto, o Tap to Pay foi anunciado apenas para o mercado norte-americano, devendo entrar em operação já em 2022.

Precisa de ajuda para a transformação digital da sua empresa? Conte com a iPlace Corporativo!

 

Foto: Apple/Divulgação

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: