Como usar as lições da infância para impulsionar sua carreira

carreira-de-trabalho

Crianças costumam ser movidas por sonhos, imaginação e criatividade. Porém, com o tempo, este mundo é interrompido para dar lugar aos conhecimentos técnicos exigidos pelo mercado de trabalho. Afinal, a vida adulta passa a requerer mais maturidade e responsabilidade, especialmente para quem almeja evoluir em sua carreira profissional. No entanto, é importante lembrar que certas habilidades não anulam outras. Afinal, por mais que as pessoas acumulem títulos e conhecimento, muitas vezes têm dificuldades para solucionar problemas simples. Logo, se preservassem determinadas características da sua infância, poderiam enfrentar menos dificuldades.

Transforme sua carreira com habilidades de criança

 

Curiosidade

Você já viu uma criança aceitar com facilidade um “porque sim” ou um “porque não” como resposta? Normalmente elas só ficam satisfeitas ao saber todos os motivos das coisas, para que servem, como funcionam… Afinal, os pequenos não têm medo nem vergonha de perguntar, muito menos de admitir que estão aprendendo. Porém, a curiosidade é uma qualidade essencial à evolução de qualquer profissional, independentemente do estágio de sua carreira. Então, lembre-se de não se contentar com respostas prontas e de ter avidez por aprender algo novo todos os dias.

Imaginação

Na medida em que precisam tomar decisões e pagar boletos, por exemplo, os adultos naturalmente se tornam pessoas mais sérias. O que não quer dizer, todavia, que eles sempre tenham sido assim. Geralmente, quando criança, as pessoas sentem-se mais livres para agir com criatividade e espontaneidade. Especialmente nos momentos dedicados a brincadeiras, quando uma simples caixa de papelão pode ser transformada em foguete. Ou seja: na infância é muito mais fácil enxergar potencial em tudo e dar novos significados a objetos comuns. Logo, deixar a imaginação fluir pode ajudar a criar soluções disruptivas ou adaptar o que se tem. Aliás, essas qualidades são as bases dos “talentos ágeis”, como são chamados os profissionais do futuro.

Simplicidade

Enquanto muitos adultos se preocupam com rótulos, conceitos e aparências, as crianças importam-se com amizades, diversão e experiências. Sendo assim, quem você acha que aproveita melhor a vida? Aliás, tão presentes na infância, a empatia e a humildade são algumas das principais características de um bom líder. Então, para quem almeja uma carreira de sucesso, ajudar e servir aos outros é uma maneira de iniciar este caminho.

Inclusão

Diversos são os exemplos que podem ser encontrados na internet de que preconceito e exclusão não são inerentes às crianças. Ou seja, tais conceitos são, na verdade, absorvidos ao longo do tempo. Dessa forma, essa é uma das principais lições da infância que se deve levar para todas as esferas da vida. Afinal, ao cultivar a pureza de uma criança, torna-se possível estabelecer relações muito mais felizes.

Foco

Para as crianças, o momento presente é único. Assim, elas não se preocupam com o passado nem com o futuro. Consequentemente, dedicam total atenção a fazer do presente o melhor que ele pode ser. Obviamente que, na vida adulta, as contas não param de chegar. Mesmo assim, é somente no “hoje” que se pode trabalhar para quitá-las mais à frente.

Diversão

Em muitos ambientes profissionais não há espaço para brincadeiras. Afinal, diversão virou sinônimo de improdutividade. Ao mesmo tempo, é no universo lúdico que as crianças fazem suas principais descobertas e se divertem muito com elas. Com base nisso, algumas empresas têm investido na gamificação para tornar as tarefas mais dinâmicas e motivadoras. E, acredite ou não, certos jogos de videogame ajudam inclusive a melhorar o processo de tomada de decisão. Dessa forma, guardadas as proporções aceitáveis no seu ambiente de trabalho, que tal resgatar a capacidade de se divertir? Então, a partir de agora, imagine como você pode tornar suas tarefas mais divertidas e produtivas! Vamos lá, use sua criatividade!

Expressão

Por agirem com simplicidade, as crianças não têm medo de julgamentos. Logo, se estão tristes, falam. Se estão felizes, demonstram claramente. Da mesma forma, o mercado de trabalho vem incentivando cada vez mais transparência nas relações profissionais. Inclusive para dar mais atenção a questões relacionadas à saúde mental das pessoas. Afinal, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2020 a depressão poderá ser a maior causa do afastamento do trabalho por doença. Os motivos? Possivelmente, o esquecimento sobre as lições da infância que podem e devem ser aplicadas no mundo adulto…

Foto: iStock/sborisov

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: