Como aprender algo novo todo dia sem sobrecarregar a agenda

aprender-algo-todo-dia

A busca permanente pelo aprendizado está entre as prioridades de quem almeja conquistar evolução pessoal e profissional. Afinal, é a partir do conhecimento que se consegue inovar e investir no aprimoramento de práticas e conceitos. Porém, com as rotinas aceleradas nas empresas, dedicar horas suficientes a estudos e pesquisas pode se tornar um desafio. Mesmo assim, aproveitando algumas dicas, é possível aprender algo novo e produtivo todos os dias, garantindo o aprimoramento constante. A seguir, confira oito maneiras de manter as ideias frescas sem sobrecarregar sua agenda.

 

Estratégias simples para aprender algo todo dia

 

  1. Escolha uma leitura inspiradora

Em rotinas atarefadas, o momento anteriormente dedicado à leitura geralmente acaba entre os períodos renunciados do dia. Porém, a saída para quem não tem tanto tempo para ler pode estar em fazer melhor escolhas. Afinal, explorar assuntos que saiam da sua zona de interesse pode ser uma boa iniciativa para despertar novas paixões. Além disso, pode agregar inspirações para abrir diferentes caminhos e estimular novas ideias.

  1. Aprenda a reter as informações que leu

Ler não é apenas passar os olhos por um amontoado de palavras. É preciso dar um sentido para sua leitura e fixar todas as informações. Para tanto, estes três passos ajudam a assimilar o conteúdo: impressão, associação e repetição. Imprimir significa fazer uma pausa para realmente entender o que foi lido. O momento de associação também é crucial para interligar o conhecimento prévio e o que está sendo assimilado. Por fim, a repetição pode ser feita com anotação ou releitura, para fixar todo o conhecimento.

  1. Converse com pessoas inteligentes

Pessoas com bastante conhecimento promovem conversas capazes de abrir novos horizontes e inspirar muitas soluções. Isso porque, dessa forma, é possível encontrar um olhar diferenciado para suas questões. Assim, alguém muito versado em determinado assunto pode responder perguntas que, por conseguinte, se tornam informações valiosas. Esta dica pode parecer óbvia, mas é frequentemente ignorada por medo ou timidez.

  1. Lembre-se de que nenhuma pergunta é idiota

Ser curioso e disposto a aprender também significa deixar o orgulho de lado para potencializar a retenção de conhecimento. Então, para aproveitar uma conversa da maneira mais produtiva possível, não tenha medo de perguntar. Por mais básicos que possam lhe parecer os questionamentos, não tenha vergonha de fazê-los. A única pergunta tola é aquela que fica “martelando” em sua cabeça e nunca é feita.

  1. Aproveite a internet

Pesquisas apontam que o brasileiro passa pelo menos seis horas por dia online. Então, por que não aproveitar alguns minutos na internet para aprender? Existem muitos sites educacionais, cursos digitais gratuitos e palestras no TED que podem servir de munição para o cérebro!

  1. Aproveite (mais) o trabalho

Apesar de as esferas pessoal e profissional crescerem interligadas, o tempo dedicado a elas não deve entrar em conflito. Ou seja, é importante ter distintos e bem definidos os seus momentos para aprender e para trabalhar. Da mesma forma, o próprio ambiente de trabalho por vezes oferece oportunidades para obter conhecimentos que extrapolam sua função. Seja ao realizar uma tarefa que normalmente não integra sua rotina ou no próprio relacionamento com os colegas. Afinal, a partir do ambiente corporativo também se pode obter boas dicas de livros, sites, programas de TV e podcasts.

  1. Acompanhe as mudanças de rotina

Uma rotina mais leve é capaz de reduzir consideravelmente o estresse. Entretanto, muito tempo de ócio pode minar seu potencial de criatividade e aprendizagem. Se quiser aprender de maneira constante, esteja ciente de que a rotina, às vezes, pode apertar. Assim, busque tirar o máximo proveito que puder desse dinamismo e dessa “correria”.

  1. Aprenda com os mais velhos

Qualquer pessoa rica em experiência de vida é uma fonte alternativa de conhecimento geral. Assim, reuniões familiares podem ser uma boa oportunidade para conversar com pessoas mais vividas e com muita sabedoria para compartilhar. Da mesma forma, executivos sêniores conhecem as entranhas de suas empresas, podendo revelar insights poderosos.

Foto: iStock/shironosov

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Veja também: